segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Empresários do Vale da Eletrônica participam de feiras asiáticas do setor



 

Durante o mês de outubro, o Diretor Executivo da Pixel Ti, Claudio Ribeiro e o Diretor Comercial, Marco Aurélio Mendes, estão em uma missão na Ásia promovida pelo Sindicato do Vale da Eletrônica (SINDVEL) com mais 25 empresários de Santa Rita do Sapucaí. 

O objetivo é participar de feiras em Taiwan, Hong Kong e China e estabelecer melhores condições com os fornecedores, conhecer as novas tecnologias desenvolvidas em um dos principais mercados do mundo. A iniciativa conta com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG).

Segundo o presidente do SINDVELRoberto de Souza Pinto, por ano, são importados cerca de R$ 800 milhões em matéria-prima proveniente do mercado asiático, principalmente da China, para a fabricação dos aparelhos produzidos em Santa Rita do Sapucaí. Para se ter uma ideia, segundo a entidade, esse valor é quase igual aos números gerados pela compra de componentes fabricados no Brasil, que gira em torno de R$ 900 milhões, sendo que 70% são originários do Vale da Eletrônica. “O SINDVEL participa todos os anos dessas feiras, com o intuito de discutir melhores condições de preço e logística com nossos fornecedores asiáticos”, ressalta o presidente.

Nas feiras, os empresários pretendem identificar e visitar distribuidores de componentes, partes e peças de produtos eletroeletrônicos, buscando oportunidades de compra de insumos diretamente dos fabricantes, o que ajuda a diminuir o ônus sobre o valor agregado dos produtos de Santa Rita. Outro ponto que também será discutido pela entidade é a melhoria da logística de transporte de matéria-prima para o Brasil, que influencia diretamente para o aumento do preço final dos produtos.
Além das feiras asiáticas, as empresas do Vale da Eletrônica também participam de missões na América do Norte, África e Europa. Para o próximo ano, o Sindicato já estuda uma visita a uma feira de informática realizada em Bangalore, na Índia.

Fonte: Vale Independente http://goo.gl/NPyAdp

Nenhum comentário:

Postar um comentário